A partir de "Como vai você".

Te busco em tudo.
Busco nas ruas,
Nos milhares de rostos
Que passam por mim durante todo o dia.
Te busco
Nos nossos amigos,
Nas histórias de amor que assisto nos filmes.
Busco
O que tens feito,
Se realmente tua vida
Está melhor sem mim.
Por que eu não estou bem,
Principalmente quando estou sozinho,
A solidão conhece os atalhos das minhas fraquezas.
Em determinados momentos
Grita dentro de mim
A vontade de ter perto
E essa vontade, momentaneamente, me faz feliz,
Me faz olhar pra frente
E perceber que há muito para se viver
Contigo ou, por hora,
Com o pouco que ainda busco de ti.


Fernando Martilis

2 perceberam algo:

  1. Paulo Tamburro disse...:

    PARABÉNS NANDO.

    SOU SEU MAIS NOVO SEGUIDOR.

    QUE BELÍSSIMO POEMA E QUANTA SENSISIBILIDADE E COMPTÊNCIA.

    VOCÊ NASCEU PARA ISSO!!!

    NA OPORTUNIDADE ESTOU CONVIDANDO PARA QUE CONHEÇA MEU BLOG DE HUMOR:

    "HUMOR EM TEXTO".

    A CRONICA DESTA SEMANA É :

    “ELA O CHAMOU DE LAMBISGÓIA”.

    QUE CRUELDADE !!!

    É DE HUMOR ...E DE GRAÇA!

    VENHA CONFERIR E COMENTAR!

    UM ABRAÇÃO CARIOCA.

  1. Nando Martilis disse...:

    Paulo, obrigado pelas palavras. Estarei te acompanhando sim.

Postar um comentário